domingo, 17 de março de 2019

Maio - Poema de Marcia Konder

MAIO

Maio
Lembra mãe
Mulher
Maternidade
Lembra flor
Feminino
Mio
Miau
Felino
Uau!
Fermento da Terra
Fervente de Fé
Febril
Fecundo
Raiz
Reza
Maria
Madalena 
Poema de Márcia Konder  


Natureza- Poema de Márcia Konder

Natureza

Onde houver uma flor irei regá-la.
Se ela ali não está, irei plantá-la.
Esta nuvem que paira no ar
Pesada e plúmbea
Se desfaz em chuva.
E o ar, límpido, revela o arco-íris.

Desliza o barco na água.
A brisa sopra-lhe carícias
Com hálito de hortelã.
A folha tremula tênue.
Murmureja o canavial.

Brota o milho.
Estala o chão.
O buriti carrega no bico o grão.
Carrego em mim
a doçura do pêssego maduro
cujo líquido da minha boca escorre
em volúpia.

Meu ventre
É bendito
É amado
Carrega em si
A semente
O caule
 A flor
 O fruto.  

Poema de Márcia Konder  



Mulher - Poema de Janice de Bittencourt Pavan

Mulher


Levanta, mulher!
Esquece a insônia.
Outro dia já chega;
dormirás amanhã.

Sacode teu sono,
enxuga teu rosto,
te veste de “sol”
e faz teu café.

Arruma tua casa,
tira o sujo da roupa.
Esconde o que sentes
e prepara o “menu”.

Tira do corpo a “faxina”,
te veste com graça,
enfrenta a rotina,
pro teu ganha pão.

Feliz como ave
que dormiu no arvoredo,
orientas sem medo
os pimpolhos que tens.

Em busca de estudo,
inocentes, limpinhos,
de uniforme e tudo,
pra escola se vão.

Trabalhas faceira.
Compensa? Não importa.
Participar é preciso.
É bonita a missão.


Voltas com pressa,
do trabalho pra casa.
Não podes ter asas:
sonharás amanhã...

Põe o lanche na mesa,
serve, pois, teus amores,
esquece as dores.
Logo a noite já vem.

Toma um banho gostoso,
te cobre de rendas,
pois, és, mãe, uma prenda,
uma doce mulher.

E, se, ao findar o teu dia,
tens alguém que te ama,
és feliz, não reclamas,
valeu a pena, MULHER!



"women's lib - Poema de Suraya H. Maia



"Women's Lib"

Ser a mulher perdida
...mas no encontro do teu peito
Ser a mulher da vida
...mas morrendo de saudade
Ser a mulher de quem falam
....mas calada a teu respeito
Ser a mulher que se consome
...mas recomposta pra te receber
Ser a mulher independente
...e capitulando a teu modo
Ser a mulher mais livre
...para prender-me a ti
Ser a mulher bem nua
Pra ser tua! Tua! Tua!

Suraya Helayel Maia
09 Março 1975.


PISCIANAS - Poema de Teresa Brasil

PISCIANAS

Mulher estranha, diversa.
Risonha, tristonha...
Mulher que ama, e se inflama
 é pisciana!
Tudo e nada.
Submersa
irradia olhos d’água
energizada de alegria
ou de dor afogada.
Não rejeite, aceite
 – ela é mulher de peixes.
Amiga de Iemanjá
pisciana  estrelas do mar
acende faróis e toca o céu
colhe  estrelas ao luar.
Janices, Marias, Célias, Teresas.....
São as mulheres de março
imortais, com certeza.
Como as montanhas, mesmo velhas
permanecem verdes.

Poema de Teresa Brasil 
em 13 de março de 2019. 


Primeira Reunião da Aliflor - Março de 2019.



 Uma torta fria feita pela presidente Janice,
com muito carinho traz as iniciais J- C- T 
em homenagem as três aliflorianas 
Janice, Célia e Teresa que fazem aniversario em Março. 


A aniversariante Teresa fez uns deliciosos docinhos
 que davam água na boca só ao olhar.  

Ivonita cantou as músicas "Una Mujer" e "Mulher". Show!
Márcia leu lindos poemas de sua autoria, postagens a seguir.  

Flavinha contou radiante sua visita a Lorena,
que ficou muito grata pela visita
e deixou boas impressões de que está bem feliz
junto aos seus outros filhos, na sua cidade de origem. 

Suraya surpreendeu-nos com sua bela voz, cantando em inglês ...
Depois leu um poema muito original para dizer da emancipação da Mulher .

Janice leu o poema "Mulher" do  livro de sua autoria Paixão- Mulher.




Nesta foto Flavinha, Oswaldo, Janice, Márcia, Suraya, Teresa.
Ivonita deu uma saidinha e Jelena saiu mais cedo da reunião. 
 A primeira reunião da Aliflor de 2019 aconteceu em 14 de março, numa quinta - feira. Apesar da alteração da data, entre outras justificativas, contamos com um quadro de presenças relativo a 50%. Cumprimentos e boas - vindas para matar as saudades num clima cordial, foi lida a ata, completíssima escrita por Teresa Brasil e ouvida a palavra da presidente que trouxe os assuntos do dia, sendo o último item da pauta, ouvir de cada associado seus projetos para 2019.
A tarde continuou com um costumeiro lanche, desta vez uma torta fria feita pela presidente Janice, uns deliciosos docinhos muito bem elaborados pela associada Teresa (ambas aniversariantes do mês), quibes gostosos feitos por Suraya e biscoitinhos trazidos pelos demais presentes.
A “happy hour” se estendeu com músicas e leituras de poemas, poesia pura para homenagear as mulheres.

Passeio de aliflorianos

Em 9 de março, Flavinha e Oswaldo visitam a festa da Uva e a querida colega Lorena T. Chiaradia em Caxias do Sul. Pena que não houve uma foto com a matriarca anfitriã.