quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Menino pobre

 
Era muito pobre o menino,
Nenhum brinquedo tinha,
Mas brincava satisfeito,
Com um carrinho feito
De uma lata de sardinha. 

Um dia o menino sonhou,
Que seu sonho buzinou,
Era a sua paixão nata,
Ganhar um ônibus de lata.
 
 
Seu tio tinha ido para o Sul,
Um dia quando retornou,
Trouxe o tal ônibus de presente,
Deu ao sobrinho sonhador.
Com o rosto sorridente,
O menino alegre ficou.
 
Nem crescido deixou de brincar
Com o tempo o ônibus enferrujou,
Nem assim o abandonou,
No seu quarto, na prateleira está.

( de Dora Duarte )

 

Um comentário:

  1. Lindas imagens conseguiste. Gostei de ter postados todos. Obrigada.

    ResponderExcluir